Pomares de maçã mapeados por satélite

Florianópolis, 14.07.2021

0
26
Santa Catarina é líder nacional na produção de maçã (Foto: Israel Oselame)

Estudo ainda em fase preliminar aponta que a área com cultivo de maçã em São Joaquim pode chegar a 8,7 mil hectares, quase 1,2 mil hectares maior do que os 7.519 registrados pelo Censo Agropecuário de 2017 do IBGE. Esse é um dos resultados, ainda não oficiais, da última etapa de projeto da Epagri para mapeamento e levantamento dos pomares de maçã do Estado por meio de imagens de satélite.

Na semana de 28 de junho, pesquisadores da Epagri/Ciram, acompanhados dos extensionistas locais, foram até a região serrana do Estado para a etapa final do projeto, que se constitui na checagem a campo das informações coletadas via satélite. “Apesar de ser a última, esta fase é de fundamental importância para a acurácia das informações levantadas e precisão dos dados, resultando numa informação de alta qualidade”, relata Kleber Trabaquini, coordenador do projeto e pesquisador da Epagri/Ciram, órgão do governo de Santa Catarina responsável por fazer o monitoramento ambiental do Estado.

Santa Catarina é o maior produtor de maçã do Brasil, respondendo por 48% do total nacional. De acordo com o Censo Agropecuário, o Estado conta com aproximadamente 15.284 hectares ocupados por pomares da fruta. Com o levantamento preliminar via satélite, que indica cerca de 8,7 mil hectares de pomares em São Joaquim, o município se firma como líder nacional desta cultura agrícola.

_________________________________

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui