Smart Floripa 2030, inovação e desenvolvimento

Smart Floripa 2030 - Transformando Florianópolis numa Cidade Inteligente de Inovação.

Estudo feito pela Fecomércio em parceria com a UFSC, a Universidade de São Paulo, a QUT da Austrália, a Prefeitura da Capital, o Instituto Lixo Zero, Floripamanhã, Senac, Sebrae SC e o Governo do Estado mostra que a formação, a atração de talentos, a criação de mais espaços de convívio e a valorização da arte e da cultura locais, estão entre as medidas consideradas essenciais para transformar Florianópolis em uma cidade inteligente.

Preocupação com as pessoas é essencial para transformar Florianópolis em Smart City. Nesse sentido a pesquisa identificou: falta de mão de obra qualificada em quantidade para atender à crescente demanda do setor; pouca retenção de pessoas qualificadas; falta de mulheres empresárias líderes no ecossistema, e falta de mulheres interessadas nas áreas de engenharia e desenvolvimento.

Mídia

Raimundo Martins - Palestras